Perda do CPF – Retire a 2 segunda via

Tão importante quanto o RG é o documento de CPF (Cadastro de Pessoa Física), somente com ele você pode ter uma conta bancária, um crediário em um loja de qualquer tema, ou seja, o CPF é um documento que precisa estar na carteira de todo cidadão. No entanto, caso você tenha perdido ou inutilizado o seu CPF, é possível estar solicitando uma segunda via do documento de dois modos diferentes, modos que serão completamente descritos nessa página.

A primeira coisa que deve ser feita antes de solicitar a segunda via do CPF, ou qualquer outro documento perdido, é ir até a delegacia de sua cidade e registrar um boletim de ocorrências (B.O.). É importante que você não tenha medo de se dirigir até a delegacia, pois após o registro você não sofrerá problemas futuros como uso de identidade falsa, cadastros em seu nome, dentre outras dezenas de maldades que podem ser feitas contra você.

Retirando a segunda via do CPF pessoalmente

A primeira forma de solicitar a segunda via do CPF é indo pessoalmente aos locais credenciados para essa função, que são: Banco do Brasil, CEF (Caixa econômica) e Correios.

Ao chegar em um dos locais não se esqueça de levar:

  • Documento de identificação (RG)
  • Documento que comprove a inscrição no CPF

Após apresentar os documentos, atendente te cobrará uma taxa de R$5,50 pela segunda via.

Imagem divulgação do CPF em cartão.

Imagem divulgação do CPF em cartão.

Feito isso, em poucos dias você poderá retirar a segunda via do seu CPF no local cadastrado.

Retirando a segunda via do CPF pela internet

A segunda opção é bastante prática e usada atualmente, pois você não precisará enfrentar filas e ainda você o documento na hora e sem nenhum custo.

A primeira coisa a fazer é acessar o site da Receita Federal, no link: http://www.receita.fazenda.gov.br/, com as seguintes informações: Número do seu CPF e número do título de eleitor, isso se você não declarar o imposto de renda. Caso você declare o imposto de Renda, as informações necessárias são: Números das entregas de suas duas últimas declarações, ano atual e anterior.


As opções são bastante diferente, na primeira delas você recebe um cartão e a segunda apenas uma opção para imprimir.

Dica: Mesmo que você não tenha perdido o seu CPF é recomendável que você escolha uma das duas opções e faça a segunda via do seu documento, afinal você nunca sabe o que pode acontecer no futuro.

Comentário
  1. José Gabriel Duarte Martins dos Santos

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *